Storytelling – seja você e conquista o seu público!

Agirr para Vencer

Alô Amigo! Nesta coluna serei um contador de histórias, pois creio que a oratória é justamente falarmos de nós para o público que negociamos, instruímos, ensinamos e o principal, nos relacionamos ao longo da vida pessoal e no âmbito profissional.

Muito se fala de “Storytelling” e afirmo que muitos podem exercer essa técnica no dia-a-dia, com técnicas que facilitam o desenrolar de qualquer apresentação, alcançando e melhorando o conhecimento e o entendimento do conteúdo transmitido.

Quando se pratica o storytelling, o profissional abrange todo o cenário e todos os aspectos do que se é relevante que oferecerá para a sua plateia e, quando falamos de público, não escrevo de quantidade, mas da qualidade da estrutura retórica e de roteiro que surpreenderá quem reservou minutos ou horas para ouvi-lo e assisti-lo.

Sempre reforço que a comunicação se expande a cada fração de segundos e o medo de falar em público ultrapassa esse sentimento tão limitador das pessoas que o tem e, que deixam de conquistar empregos, promoções, contratos milionários e até mesmo sair do ostracismo para chegar ao topo da carreira.

Os meios tecnológicos colaboram muito para que esse “gelo” seja deixado de lado e o profissional encare com mais naturalidade o palco dos negócios e flua com o que possui de melhor para a sociedade, que é o seu conhecimento em diversos setores.

Toda apresentação deve conter o que aprendemos desde criança com a nossa professora de literatura – o começo, o meio e fim. Mas para que essa dissertação seja eficaz temos que estruturar de maneira que todos venham a entender e se entusiasmar com o que é oferecido.

Ser um contador da própria história é muito difícil, pois quantas vezes nos preocupamos em responder a pergunta – Quem é você?, ou talvez, Defina os seus pontos fortes?

Mas o segredo para iniciar a sua própria história é entender o que se passou ao longo da sua trajetória pessoal ou profissional é relevante para o interlocutor. Diante do conteúdo, fortalecer a reflexão dos pensamentos e motivar as pessoas a verem que diante da superação, do êxito ou até mesmo do fracasso, venham gerar mudanças de atitudes e hábitos em todos e, com essa apresentação enriquecendo o aprendizado,criando o engajamento a multiplicação do conteúdo, podendo se tornar uma metáfora para as pessoas que ouvirão em outras ocasiões.

As técnicas do storytellingé aprender definitivamente falar em público com a qualidade de grandes oradores, entender que a apresentação oral, corporal, visual e do material exposto seja impactante e o principal consistente.

O domínio das palavras e a sabedoria de aplicar perante a plateia tem que ser vivida com a mesma energia que se viveu os momentos que serão compartilhados para o público. A energia dedicada gerará o envolvimento contínuo e motivador de todos que ali estão e consequentemente alcançará o encantamento geral, sabendo que o seu discurso transformou pessoas, aumentando a empatia e satisfação, fazendo crer que a sua missão e o seu propósito estão no caminho que tanto deseja para a sua vida.

Sidney Botelho



avatar
  Inscrever-se  
Notificar-me